Empreendedorismo

Objetivos do NERE para o Empreendedorismo

⇒ Levar o Empreendedorismo às escolas alentejanas, tornando o NERE um parceiro do sistema de Ensino;

⇒ O Empreendedorismo como indutor da criação e fixação de empresas na região;
⇒ Conceber e implementar um Sistema Integrado de Promoção do empreendedorismo no Alentejo Central desde a Ideia ao financiamento;
⇒ Promover uma cultura de proatividade, cidadania e responsabilidade social;
⇒ Implementar um Programa de Empreendedorismo Qualificado, com mentores e consultores do NERE;
⇒ Apostar no Empreendedorismo feminino através de programas específicos no apoio à criação de negócio;
⇒ Desenvolver um programa de Empreendedorismo na área da Inovação Social.

Promoção do Empreendedorismo

• Levar o Empreendedorismo às escolas alentejanas, tornando o NERE um parceiro do sistema de Ensino;

• Programa de Empreendedorismo Jovem;

• Concurso de ideias Criativas em setores como a Economia circular e a Saúde entre outras;

• Promover uma cultura de proatividade, cidadania e responsabilidade social.

 

Empreendedorismo Qualificado

• Desenvolver programas e   concursos de inceptivo ao empreendedorismo qualificado;

• Desenvolver um programa de Empreendedorismo na área da Inovação Social;

• Mentoria e tutoria empresarial;

• Acreditação do NERE para os Vales de Empreendedorismo, Vales de incubação

• Implementar Ateliers de criatividade por setor.

 

Criação Auto  Emprego

• O Empreendedorismo como indutor da criação e fixação de empresas na região;

• Apostar no Empreendedorismo feminino através de programas específicos no apoio à criação de negócio;

• Acreditação do NERE pelo IEFP como entidade ETAP.

 

Soluções de Financiamento

• Estabelecer parcerias com entidades gestoras de capital de risco;

• Estabelecer parcerias com entidades bancárias;

• Identificar novas fontes de financiamento;

• Apoiar Business Angels do Alentejo.

 

 

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

 

O NERE é uma das entidades acreditada pelo IEFP no âmbito do Apoio Técnico à Criação e Consolidação de projetos. Esta iniciativa permite à estrutura do NERE e seus consultores elaborar:

⇒ Planos de negócios

⇒ Candidaturas a projetos co-financiados pelas medidas do IEFP

⇒ Acompanhamento de projetos aprovados no âmbito das medidas do IEFP

 

O NERE é uma das entidades acreditadas, pelo IAPMEI,  para os

  • “Vales de Incubação”  no âmbito do Empreendedorismo Qualificado e Criativo. O objetivo deste sistema de  incentivo consiste em conceder apoios a projetos simplificados de empresas com menos de 1 ano na área do empreendedorismo através da contratação de serviços de incubação.
  • Vales de Empreendedorismo
  • Vales StartUp Visa
  • Apoio nos Voucher StartUp

 

 

INICIATIVAS

 

1. EMPREENDER NO ALENTEJO CENTRAL

Esta iniciativa implica o apoio às entidades/empreendedores nas seguintes áreas:

Implementação de programas de sensibilização para o empreendedorismo/Criatividade, quer nas escolas, quer em públicos específicos (jovens do ensino profissional, empreendedores qualificados, entre outros);
Apoio na constituição de Empresas;
        - Acompanhamento técnico e especializado ao empreendedor;
        - Apoio na elaboração/revisão do conceito da Ideia;
        - Apoio na elaboração/revisão do Plano de Negócios;
        - Apoio Pós-Arranque do Negócio: mentoring.

 

2. CRIAR E IMPLEMENTAR O PROGRAMA "NERE SPEED IDEAS" QUE PRETENDE APOIAR E INCENTIVAR AO DESENVOLVIMENTO DE NOVAS IDEIAS DE NEGÓCIOS EM SETORES COM FORTE CRESCIMENTO E APOSTANDO EM DESAFIOAS LANÇADOS PARA A IDENTIFICAÇÃO DE UM PROBLEMA E PROPOSTAS DE SOLUÇÃO.

Metodologia:

Lançar uma "NERE CALL" bimestral por setores e com identificação de problemas;

Constituir um júri de avaliação dos pitch dos empreendedores com duas valências;

Análisee de mercado e potencial de crescimento de produto/serviço proposto;

Viabilidade cientifíca ou tecnológica da soluçao proposta.

[+ Saber mais ]

 

3. EMPREENDEDORISMO - "NERE CALL BUSINESS"

Criar e implementar o Programa "NERE CALL BUSINESS" que pretende apoiar e incentivar o empreendedorismo qualificado no Alentejo Central.

 

4. EMPREENDEDORISMO - 1º CICLO

Uma iniciativa da AIP com o apoio NERE – Divulgação junto dos Municípios da Região Alentejo.

[+ Saber mais ]

 

5. EMPREENDEDORISMO JOVEM - ESCOLAS PROFISSIONAIS

Esta iniciativa no âmbito dos CLDS de Évora, Alandroal e Redondo com o apoio do NERE vai arrancar em 2019 em semelhança ao realizado em 2015, 2016, 2017 e 2018 nas Escolas Secundárias Severim Faria e Epral (Évora), Centro de Formação do IEFP e na EB Diogo Lopes Sequeira (Alandroal).

 

6.EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO

Visa apoiar empreendedores licenciados ou com vasta experiencia na área onde pretendem desenvolver/criar o seu Negócio na região. Esta iniciativa envolve um conjunto de mentores. 

 

7.EMPREENDEDORISMO DE BASE TECNOLÓGICA 

Visa apoiar empreendedores licenciados ou com vasta experiencia em áreas de base tecnológica com oferta de bolsas e permanência na sala de Coworking do NERE.

 

Projetos Aprovados

1. FIND.e - Fábrica de Inovação e Novos Desafios para Empresas e Empreendedores

Designação do projeto | Find.e – Fábrica de Inovação e Novos Desafios para Empresas e Empreendedores

Código do projeto | ALT20-01-0651-FEDER-000018

Objetivo principal | Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas

Região de intervenção | Alentejo Central

Entidade beneficiária | NERE – NÚCLEO EMPRESARIAL DA REGIÃO DE ÉVORA

Data da aprovação | 03/09/2019

Data de início | 01/07/2016

Data de conclusão | 31/12/2020

Custo total elegível | 507 193,54 €

Apoio financeiro da União Europeia | 431 114,51 €

Apoio financeiro privado | 76 079,03 €

Objetivos, atividades e resultados esperados

A Operação visa a requalificação da incubadora e a criação e dinamização do espaço de aceleração do Centro de Negócios do Alentejo, através de um conjunto de investimentos que possibilitem o reforço do espaço de incubação e aceleração disponível e a qualificação dos serviços prestados, tendo como linha orientadora estratégica a sustentabilidade económica e ambiental e o reforço da proporção de empresas inovadoras e de base tecnológica instaladas.

O projeto é constituído por um conjunto de 4 componentes distintas:

Componente 1 – Requalificação do espaço de incubação do Centro de Negócios do Alentejo

Componente 2 – Criação e dinamização da aceleradora do Centro de Negócios do Alentejo

Componente 3 – Iniciativas de promoção da sustentabilidade ambiental e económica

Componente 4 – Promoção e marketing da aceleradora

Co-financiamento: Alentejo 2020| Portugal 2020| FEDER

 

2. BUSINESS +2.0

Designação do projeto | Business +2.0

Código do projeto | ALT20-51-2018-37

Objetivo principal | O objetivo central do projeto é a promoção do espírito empresarial através da dinamização do empreendedorismo qualificado e criativo, com vista à concretização de novas empresas assentes nos Domínios de Especialização da RIS3 Alentejo.        

Região de intervenção | Alto Alentejo, Alentejo Central, Baixo Alentejo e Lezíria do Tejo

Entidade beneficiária | NERE - Núcleo Empresarial da Região de Évora Associação Empresarial

Parceria |

  • NERBE/AEBAL  - Associação Empresarial do Baixo Alentejo,
  • NERPOR - Núcleo Empresarial da Região de Portalegre Associação Empresarial Litoral
  • NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém

Data da aprovação |

Data de início | 01-08-2019

Data de conclusão | 31-07-2021

Custo total elegível |   1 333 848,14 Euros

Apoio financeiro da União Europeia | 1 133 770,92 Euros

Apoio financeiro privado | 200 077,22 Euros

Objetivos, atividades e resultados esperados |

O projeto visa a criação e dinamização de processos colaborativos de apoio ao empreendedorismo e o desenvolvimento de iniciativas para detetar, estimular e potenciar a geração de ideias inovadoras, capacitação de iniciativas empresariais e criação de novas empresas.

ATIVIDADE 1. REPENSAR O EMPREENDEDORISMO NA REGIÃO

ATIVIDADE 2. ATELIERS DE CRIATIVIDADE

ATIVIDADE 3. CICLO DE EMPREENDEDORISMO

ATIVIDADE 4. CONCURSO DE IDEIAS

ATIVIDADE 5. PROGRAMA DE ACELERAÇÃO

ATIVIDADE 6. ROADSHOW DE PROMOÇÃO DAS IDEIAS INOVADORAS E CRIATIVAS

ATIVIDADE 7. PLATAFORMA BUSINESS + 2.0

ATIVIDADE 8. CONFERÊNCIA INTERNACIONAL BUSINESS+ 2.0

ATIVIDADE 9. COMUNICAÇÃO E DIVULGAÇÃO DO PROJETO

ATIVIDADE 10. Gestão do projeto

Co-financiamento: Alentejo 2020| Portugal 2020| FEDER

3. LOCALCIR

Designação do projeto | LOCALCIR

Código do projeto | 0475_Localcir_4_E

Objetivo principal | Promoção do emprendedorismo e da inovação das empresas na economía circular.

Região de intervenção | Extremadura Espanhola/Alentejo/Centro

Entidade beneficiária | SECRETARIA GENERAL DE DESARROLLO RURAL Y TERRITORIO - CONSEJERÍA DE MEDIO AMBIENTE Y RURAL, POLÍTICAS AGRARIAS YTERRITORIO - JUNTA DE EXTREMADURA

Parceria |

  • NERE-NÚCLEO EMPRESARIAL DA REGIÃO DE ÉVORA
  • AGENCIA EXTREMEÑA DE LA ENERGIA
  • EXTREMADURA AVANTE S.L.U.
  • DIRECCION GENERAL DE EMPRESA Y COMPETITIVIDAD - CONSEJERÍA DE ECONOMÍA E INFRAESTRUCTURAS - JUNTA DE EXTREMADURA
  • DIRECCION GENERAL DE DEPORTES - CONSEJERÍA DE CULTURA E IGUALDAD - JUNTA DE EXTREMADURA
  • FEDERACION DE MUNICIPIOS Y PROVINCIAS DE EXTREMADURA
  • SERVICIO EXTREMEÑO PUBLICO DE EMPLEO
  • DIPUTACION PROVINCIAL DE BADAJOZ
  • DIPUTACION PROVINCIAL DE CACERES, CLUSTER DE LA ENERGIA DE EXTREMADURA
  • FUNDACION CENTRO REGIONAL EXTREMEÑO DE SERVICIOS EMPRESARIALES
  • NUCLEO EMPRESARIAL DA REGIÃO DE EVORA
  • PACT - PARQUE DO ALENTEJO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, S. A
  • CENTRO DE INOVAÇÃO EMPRESARIAL DA BEIRA INTERIOR
  • ASSOCIAÇÃO PARKURBIS INCUBAÇÃO
  • UNIVERSIDAD DE EXTREMADURA

Data da aprovação |  06/2019

Data de início |  01/06/2019

Data de conclusão |  31/12/2021

Custo total elegível | NERE: 89 000 Euros

Apoio financeiro da União Europeia |  NERE: 66 750 Euros

Apoio financeiro privadoNERE: 22 250 Euros

Objetivos, atividades e resultados esperados

Melhorar as condições necessárias e propicias para a criação de novas iniciativas empresariais.

ACTIVIDADE 1: Estudos e ferramentas

ACTIVIDADE 2: Promoção da economia verde e circular

ACTIVIDADE 5: Gestão e coordenação

ACTIVIDADE 6: Comunicação          

Co-financiamento: POCTEP | INTERREG | FEDER

 

4. SPEED TALENT

Designação do projecto| Speed Talent 

Código do projeto | ALT20-51-2016-07

Objetivo principal | Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas

Região de intervenção | Alentejo

Entidade beneficiária | PACT-PARQUE DO ALENTEJO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Parceria |    

  • NERE - NÚCLEO EMPRESARIAL DAREGIÃO DE ÉVORA – ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL
  • SINES TECNOPOLO - ASSOCIAÇÃO
  • CENTRO DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA VASCO DA GAMA
  • A.N.J.E.-ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JOVENS EMPRESARIOS
  • ADRAL -AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO ALENTEJO S.A.
  • INSTITUTO POLITECNICO DE BEJA
  • INSTITUTO POLITÉCNICO SANTARÉM
  • INSTITUTO POLITECNICO DE PORTALEGRE
  • UNIVERSIDADE DE ÉVORA

Data da aprovação |

Data de início |  01/01/2017

Data de conclusão |  30/06/2019

Custo total elegível |  TOTAL: 1 000 949,80 EUROS

                                     NERE: 88 000,42 EUROS    

Apoio financeiro da União Europeia | TOTAL: 850 807,33 EUROS
                                                                      NERE: 74 800,36 EUROS

Apoio financeiro privado | TOTAL: 150 142,47 EUROS

                                                  NERE: 13 200,06 EUROS

Objetivos, atividades e resultados esperados

A promoção do espírito empresarial nomeadamente facilitando o apoio à exploração económica de novas ideias e incentivando a criação de novas empresas, inclusive através de viveiros de empresas.

 Atividade 1 . Balcões Speed Contact

Atividade 2: SPEEDTALENT ONLINE + PLATAF. + OBSERV.

Atividade 3: PROGRAMA CONTATO

Atividade 4: SPEED UP - ESTÍMULO À CRIAÇÃO DE SPIN-OFF’S E SPEED GROWTH -  START-UPS e INCUBAÇÃO

Atividade 5: ACELERAÇÃO

Atividade 6: PROMOÇÃO E DISSEMINAÇÃO 

Co-financiamento: Alentejo 2020| Portugal 2020| FEDER

 

5. Rede de Incubadoras de Base Tecnológica do Sistema Regional de Transferência de Tecnologia (SRTT) do Alentejo

Designação do projeto | Rede de Incubadoras de Base Tecnológica do Sistema Regional de Transferência de Tecnologia (SRTT) do Alentejo

Código do projeto | ALT20-51-2015-04

Objetivo principal |   Consolidar e dinamizar a Rede de Incubadoras de Base Tecnológica do Sistema Regional de Transferência de Tecnologia do Alentejo.

Região de intervenção |  Alentejo Central

Entidade beneficiária | PACT – Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia

Parceria |

  • NERE – Núcleo Empresarial da Região de Évora
  • ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo S.A.
  • ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários
  • Instituto Politécnico de Beja
  • Instituto Politécnico de Portalegre

Data da aprovação |

Data de início | 01-01-2016

Data de conclusão | 31-12-2017

Custo total elegível  | 433 352,14 Euros

Apoio financeiro da União Europeia |368 349,32 Euros

Apoio financeiro privado | 65 002,82 Euros

Objetivos, atividades e resultados esperados |

Objetivos Operacionais - Conceber um modelo de dinamização do ecossistema da rede de incubadoras de base tecnológica do SRTT do Alentejo; - Consolidar o modelo de governação da rede de incubadoras de base tecnológica do SRTT do Alentejo, reforçando o trabalho em parceria no apoio ao empreendedorismo qualificado e criativo; - Capacitar a rede de técnicos das entidades gestoras das incubadoras de empresas de base tecnológica; - Conceber uma estratégia de marketing e um plano de comunicação da rede de incubadoras de base tecnológica do SRTT do Alentejo; - Promover e divulgar a rede de incubadoras de base tecnológica do SRTT do Alentejo e os serviços prestados por estas; - Incentivar a criação de empresas de base tecnológica no Alentejo, tendo como recurso a rede de incubadoras; - Atrair empreendedores para a região, apoiando a criação e instalação de empresas de base tecnológica, a rede de incubadoras; - Implementar a nível regional iniciativas que promovam a geração de ideias inovadoras, e a criação de novas empresas; - Promover a transferência de ciência e tecnologia dos centros de saber para as empresas, aproximando instituições de ensino superior, jovens estudantes e empresas

Atividade 1. Coordenação e Gestão da Rede de Paceiros 

Atividade 2.  Consolidação e Capacitação da rede de incubadoras de base tecnológica do SRTT do Alentejo

Atividade 3.  Ações de incentivo ao empreendedorismo qualificado e criativo

Atividade 4.  Promoção, Comunicação e Marketing

Atividade 5.  Demonstração e Disseminação de Resultados

Co-financiamento: Alentejo 2020| Portugal 2020| FEDER

 

6. EMPREENDER+ ALENTEJO

Designação do projeto | EMPREENDER+ ALENTEJO

Código do projeto | ALT20-51-2015-04

Objetivo principal |   O Projeto tem como objetivo central promoção do espírito empresarial através da dinamização do empreendedorismo

qualificado e criativo

Região de intervenção |  Alto Alentejo – Portalegre / Baixo Alentejo – Beja / Alentejo Central – Évora / Lezíria do Tejo – Santarém   

Entidade beneficiária | NERPOR-NUCLEO EMPRESARIAL DA REGIÃO DE PORTALEGRE/ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL

Parceria |

  • NERE - NÚCLEO EMPRESARIAL DA REGIÃO DE ÉVORA - ASSOCIAÇÃO

EMPRESARIAL

  • NERBE/AEBAL - ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DO BAIXO ALENTEJO E LITORAL
  • NERSANT - ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DA REGIÃO DE SANTARÉM

Data da aprovação | 06-11-2015

Data de início | 31-12-2015

Data de conclusão | 31-08-2017

Custo total elegível |   307 239,52 Euros

 Apoio financeiro da União Europeia | 261 153,59 Euros

Apoio financeiro privado | 11 521,48 Euros

Objetivos, atividades e resultados esperados |

O objetivo central do projeto é a promoção do espírito empresarial através da dinamização do empreendedorismo qualificado e criativo, com vista à concretização de novas empresas assentes nos Domínios de Especialização da RIS3 Alentejo.

O projeto surge da necessidade de responder aos objetivos da tipologia “Promoção do Espírito Empresarial” do SIAC, e a um conjunto de falhas de mercado identificadas nas principais estratégias da região do Alentejo (PO Alentejo 2020 e RIS3 Alentejo), e ainda no Plano de Ação Regional do Alentejo 2020 (PAR Alentejo 2020), na vertente das dinâmicas empreendedoras da região, a saber:

- Estimular a cooperação interempresarial;

- Aumentar o investimento empresarial em I&DT;

- Incrementar a dinâmica empreendedora da região;

- Incorporar conhecimento no tecido produtivo;

- Promover a cooperação e trabalho em rede público-privado e produtor-utilizador de conhecimento.

Assim, foram definidas 4 Ações, que se consubstanciam num conjunto de atividades que permitirão responder aos problemas acima enunciados.

Resultados esperados: Nascimento de Empresas em setores de alta e média-alta tecnologia e em serviços intensivos em conhecimento, meta a atingir: 10 empresas.

Co-financiamento: Alentejo 2020| Portugal 2020| FEDER

 

Metas a atingir em 2019

1. Realização de 20 novos projetos no âmbito das ETAP (IEFP);

2. Acompanhamento de 4 projetos no âmbito das ETAP (IEFP);

3.Realização de 10 vales de incubação/a no;

4. Realização de 2 vales de Empreendedorismo;

5. Apoiar cerca de 200 Jovens no Programa Empreendedorismo nas escolas;

6.Receber 5 a 6 projetos Start Up Voucher e acompanhar atravé de memória;

7.Realizar mais de 100 atendimentos para o apoio á criação de auto emprego e desenvolvimento de ideias;

8.Lançar o programa "NERE CALL BUSINESS" e "NERE SPEED IDEAS" em parceria com entidades do ensino superior e centros de investigação bem como entidaees gestoras de capital de risco entre outras;

9.Presença no evento Web Summit 2019